Roteiros de viagem no norte do Arizona

Sedona

 

A diversidade do estado americano do Arizona faz com que as paisagens e o clima das regiões norte e sul sejam completamente diferentes. Para aqueles que querem ver os famosos cânions e florestas de pinheiros do destino, localizados em áreas mais ao norte, há duas opções. A primeira é conhecer o local quando a temperatura está mais agradável, nos meses de verão, no meio do ano. A segunda é ir nos meses de inverno, baixa temporada, em que o clima frio afasta os turistas e a disponibilidade de hotelaria e preços costumam ser mais favoráveis.

Veja a seguir algumas ideias de roteiros por essa região e comece a planejar a viagem!

O aeroporto interncional fica localizado na cidade de Phoenix, capital do estado. Alugue um carro e dirija em direção à Sedona, aproximadamente 190 Km de distância. A charmosa cidade oferece paisagens incríveis de rochas vermelhas e uma infinidade de lojas voltadas à leitura de auras, cristais, meditação, ioga e atividades místicas. Os passeios de jipe pela região também são bastante populares. Durma uma ou duas noites no local e continue a viagem rumo a um dos parques mais famosos do mundo, o Parque Nacional do Grand Canyon, pela entrada sul, o que dá aproximadamente 185 Km. No meio do caminho, faça uma parada na cidade de Flagstaff, localizada na antiga Rota 66. Seu centro histórico merece um passeio, com todas as suas lojas, galerias de arte, bares e restaurantes. Há várias cervejarias artesanais para serem descobertas também. Passe o dia no Grand Canyon e seus mirantes maravilhosos e pernoite em um dos lodges dentro do parque (que deve ser agendado com bastante antecedência) ou na cidade próxima, chamada Tusayan. No dia seguinte, retorne para Scottsdale, próxima a capital Phoenix, para aproveitar a cidade antes do voo de volta.

Outra ideia é sair do aeroporto em direção ao Monument Valley, uma das paisagens mais icônicas do estado, localizado dentro do território Navajo. Passe a noite no hotel The View ou na cidade de Kayenta. Alguns passeios muito indicados que podem ser feitos são o tour de 4X4 pela região ou o passeio de balão. No dia seguinte, parta em direção à cidade de Page e não deixe de conhecer um dos cânions mais fotogênicos do mundo, o Antelope Canyon, permitido somente com guias autorizados. Ali perto também localiza-se o Horseshoe Bend. O Rio Colorado faz uma curva em forma de ferradura deixando a paisagem espetacular. Faça um pernoite na cidade e viaje no outro dia para o Grand Canyon. De lá, siga para a cidade de Sedona e retorne a Phoenix para o seu voo.

Essas são apenas algumas sugestões de roteiro na região norte do estado. Há muito mais o que ver e fazer, desde a Rota 66 até regiões vinícolas. Arrume as malas e boa viagem!

Pelas águas do rio Colorado

Untitled-6

 

Ao longo dos cerca de 451 km é possível avistar diversas formações naturais surpreendentes. Entre elas, o Lake Powel e o Horseshoe Bend se destacam. A região atrai amantes de esportes aquáticos e turistas que querem alugar barcos, acampar, fazer trilhas, canoagem, nadar ou pescar.

O Lake Powell é um dos lagos mais populares e cênicos do mundo, formado a partir desvio do rio Colorado e com tantas opções de recreação que é difícil escolher o que fazer primeiro. Ele faz parte do Glen Canyon National Recreation Area, que recebe mais de 2 milhões de visitantes anualmente.

O Lake Powell é a parte superior e inundada do Antelope Canyon. Já a parte inferior é um dos locais mais impressionantes do planeta Terra e deslumbra seus visitantes com uma beleza quase irreal. Suas formas incomuns foram esculpidas pelas águas, que inundam o cânion em algumas épocas do ano, quando as chuvas são frequentes.

As paredes e cores avermelhadas do cânion são inspiradoras e responsáveis pelo título de local mais fotogênico do mundo. Há, inclusive, diversas figuras que podem ser identificadas em suas paredes, como um dragão, uma vela, um pássaro e um romântico coração. É importante lembrar que não é permitido entrar sem guias autorizados. Você pode comprar um tour na cidade de Page e seguir em um carro 4X4 até o local e o guia vai explicar sobre a formação geológica e indicar os melhores locais para tirar fotografias.

Horseshoe Bend é o nome de um meandro do rio Colorado localizado perto de Page. Situado a 8.5 km do Lake Powel, o Horseshoe Bend pode ser avistado de um penhasco há 1.280 metros acima do rio. É uma das atrações mais fotografadas da região e uma dica para registrá-la é levar uma lente que consiga comportar a dimensão deste lugar mágico. Caso não seja possível, um passeio aéreo pode ser uma alternativa.

Fotografar o passeio é imprescindível. No final da tarda, o sol se põe do outro lado do rio, compondo o cenário perfeito para imortalizar o tour em uma foto. No futuro, é possível que o rio cause erosão na parte baixa da rocha que fica no meio, criando uma ponte natural e abandonando o canal cirular que existe hoje.

Os melhores passeios para ver o Arizona de cima

Untitled-5

 

Quer jeito melhor para explorar as maravilhas do Arizona? Que tal pelos ares? O estado é rico em formações naturais, e uma visão aérea pode ser uma ótima opção de passeio para provilegiar todas as vistas incríveis que o Arizona proporciona.

A começar pela atração mais famosa, o Grand Canyon. De helicóptero, a visão panorâmica será uma ótima lembrança da sua passagem por um dos lugares mais cênicos do mundo. Para embarcar na aventura, diversas empresas oferecem o passeio e a maioria delas sai do lado de fora do Parque Nacional do Grand Canyon.

O Arizona é um recanto ideal para o balonismo. Dos novatos aos mais experientes aventureiros, quem tem a oportunidade de fazer o passeio dificilmente vai esquecê-lo. Muitos descrevem-no como um “passeio de tapete mágico” ou como se estivessem “dirigindo uma nuvem”. Quando se está a bordo de um balão, parece que ele não está se movimentando porque todos voam junto com o vento. Tudo acontece com muita leveza e calma. A vista de 360° é fantástica para observar e tirar fotografias e enquanto isso. o piloto vai mostrando a fauna e flora da região.

Uma maneira inusitada de ver o Arizona do alto e com uma dose de aventura é aproveitar o Superstition Zipline. Localizado na cidade fantasma Goldfield, uma antiga cidade mineradora a poucos minutos de Phoenix, é que está o teleférico criado pelo renomado Stan Checketts, criador do “the Stratosphere” e “VooDoo Zipline”, em Las Vegas.

Seguro para todas as idades e ocasiões, seja para passeios em família ou para comemorar datas especiais, o Superstition Zipline é uma tirolesa e dá um toque de adrenalina ao elevar os visitantes em um passeio de cerca de 23 metros. Sentados de costas, os aventureiros começam o passeio no teleférico que custa 12 dólares por pessoa e pode ser feito durante o dia e a noite.

Uma outra opção é a Predator Zip Line. Localizado dentro do Out of Africa Wildlife Park, a aventura da tirolesa fica por conta dos diversos animais selvagens que é possível ver enquanto se arrisca nos ares. Crianças de 8 a 11 anos devem estar acompanhadas por um adulto

Herança indígena no Arizona

Untitled-4

 

As tribos indígenas americanas continuam a contribuir com a espiritualidade, cultura e vida econômica do Arizona , contando com experiências que mostram a diversidade e herança indígenas, que podem adicionar conhecimento na sua viagem.

Enquanto a maioria das reservas e comunidades indígenas do Arizona recepcionam os visitantes para viver sua cultura, as oportunidades de turismo variam entre as tribos. Antes de visitá-las, tenha em mente que cada reserva segue seu próprio governo e regras para os visitantes; áreas sagradas são restritas e não estão abertas ao público; e álcool só é liberado em lugares designados, como cassinos.

Por mais de cem anos, os índios americanos habitaram grande parte do Arizona. Ruínas, vilas e estruturas antigas no norte, sul e centro do estado atestam as origens dos primeiros residentes.

O Montezuma Castle, um penhasco localizado no Verde Valley, serviu como abrigo para os índios Sinagua por mais de 600 anos. Enquanto isso, a Casa Grande da zona central do Arizona, é um dos maiores e mais misteriosos prédios pré-históricos já construídos. Os dois locais estão situados em áreas indígenas preservadas.

As tribos contemporâneas deram continuidade a muitas tradições de seus antecessores. Artesãos da tribo Hopi ainda produzem o artesanato popular Katsina, que são usados nas cerimônias em diferentes épocas do ano. Explorar o território tribal pode revelar muitos aspectos do estado, tanto da parte antiga quanto da nova

Festejando o 4 de julho no Arizona

Untitled-3

 

Vai estar nos Estados Unidos durante um dos feriados mais importantes do país? Por que não aproveitar em uma das belas cidades do Arizona? Do piquenique aos fogos de artifício, com certeza um dos eventos do 4 de julho caberá na sua programação.

Flagstaff é uma cidade que merece destaque nas comemorações do 4 de julho. Chegue cedo na manhã de sábado para prestigiar a 18ª parada anual e sente-se perto dos pinheiros no Pepsi Amphitheater para assistir à Orquestra Sinfônica de Flagstaff. Depois, aproveite o piquenique no gramado antes de continuar as comemorações no Continental Country Club, de onde é possível ver o show de fogos de artifícios.

Phoenix é a maior cidade do Estado e conta com a maior festa e show de fogos de artifício do Arizona. Normalmente, cerca de 100 mil pessoas participam do evento que é chamado de Fabulous Phoenix Fourth. Faça chuva ou faça sol, o evento acontecerá das 18h às 22h e, como de costume, a decoração patriota fará parte da festa.

A novidade deste ano é uma feira de emprego assim como workshops sobre família, saúde e finanças para veteranos militares. A entrada é gratuita e é possível comprar comidas e bebidas no local.

Chandler, Tempe e Scottsdale também sediam eventos específicos para o feriado mais patriota do país. A maioria promove shows com artistas locais antes e depois da queima de fogos e com certeza o ambiente não te fará querer ir embora.

É importante notar que bebidas alcoolicas e containers de vidro são proibidos, assim como animais, skates ou patins e mesas dobráveis. Esteja preparado para encontrar muita gente no evento, leve água, manta e cadeiras. Não se esqueça das bandeirinhas e o mais importante: divirta-se!

Aprendendo a arte da culinária no Arizona

1

 

Provar a gastronomia de um lugar é essencial para conhecer mais sobre a cultura local. E se você, além de provar deliciosos pratos e quitutes, pudesse aprender como fazê-los?

Influenciada pela cozinha de seus vizinhos mexicanos, a gastronomia do Arizona é carregada de sabores fortes e temperos. Além de vários tipos de tours que dão uma pequena e saborosa amostra sobre as comidas locais, há também cursos gastronômicos, focados na cultura regional, que os visitantes podem se inscrever e levar para casa uma bagagem ainda mais completa. É possível encontrá-los dentro de resorts, escolas especiais, lojas e casas. Veja abaixo uma seleção de cursos e comece a se programar:

 

Cottage Place

Se você estiver na cidade de Flagstaff, ao norte do estado, aproveite para aprender a arte da culinária com o chef Frank Branham, dono do charmoso restaurante Cottage Place, localizado no bairro histórico da cidade. Normalmente aos sábados ou domingos, durante 3 horas os alunos recebem instruções, receitas e provam a comida harmonizada com vinhos. O chef também oferece aulas privativas para grupos de 18 a 25 pessoas.

 

Les Gourmettes

A autora de livros culinários Barbara Fenzl faz demonstrações semanalmente em sua própria casa, na capital Phoenix, entre setembro e maio. São convidados chefs e outros autores bastante conhecidos e premiados. As aulas são seguidas de deliciosas refeições.

 

Sweet Basil

A escola de culinária (e loja gourmet), em Scottsdale, oferece aulas bem variadas, das bem mexicanas tortillas, quesadillas e salsas às sobremesas francesas, cursos para casais, comidas italianas, habilidades com facas, saladas, pizzas perfeitas, cupcakes, aulas para famílias, sabores mediterrâneos e muito mais. Uma coisa é certa: um dia é mais delicioso e divertido que o outro.

 

Tina’s Cocina

Na cidade de Yuma, a chef, arqueologista e historiadora ministra aulas de cozinha regional no Centro Cultural St. Paul, uma igreja gótica de 1909 reformada. Combinando suas paixões de preservação histórica e boa comida, a profissional também convida avós e avôs locais para ensinarem seus pratos mais tradicionais enquanto relembrando suas histórias da cidade.

 

Sur La Table

Um delírio para os olhos, as receitas que você aprende a fazer no Sur La Table, em Chandler, são igualmente maravilhosas para o paladar. Conheça a arte de fazer tortas, pizzas, comida tailandesa, massas, croissants e muito mais.

 

Não perca também tours e passeios gastronômicos que estão disponíveis em várias cidades do estado. Foi criado um mapa de Tucson que mostra uma coleção de mais de 60 restaurantes, cafés, boutiques e outros estabelecimentos, que ajudam os visitantes a encontrar ótimos locais para um almoço, jantar ou um café durante a tarde. Também há tours que começam com os visitantes colhendo seus próprios vegetais na University of Arizona Ag Center, depois de alguns ensinamentos de fazendeiros de Yuma, que se transformam em um delicioso e saudável almoço.

 

 

Arizona em duas rodas

2

 

Vivemos em uma época que se discute cada vez mais sobre qualidade de vida e sobre como podemos levar uma vida mais saudável, buscando formas de deixar o corpo e a mente em equilíbrio. E que tal misturar uma viagem incrível com uma prazerosa atividade física? Conhecer um lugar novo é descobrir paisagens completamente diferentes, sair da rotina e aprender sobre uma nova cultura. Fazer tudo isso em cima de uma bicicleta, além de ser muito divertido, é uma boa forma de cuidar da saúde.

Um estado como o Arizona é um prato cheio para quem se animou com a ideia. A própria cultura local é voltada para as atividades ao ar livre, seja em recintos urbanos ou ambientes naturais, montanhas, florestas, cânions e até no deserto. Para os cliclistas, profissionais ou que apenas gostam de dar uma voltinha em duas rodas, há muitas escolhas de passeios. Além de paisagens distintas e vários tipos de terreno, o ótimo clima do estado também ajuda bastante. Há desde as estradas pavimentadas ou passeios em bairros históricos até grandes aventuras na natureza. O Arizona é um dos melhores estados americanos para andar de bicicleta, dentro ou fora das cidades.

Com dezenas de estradas cênicas e caminhos históricos, passear de bicicleta por um delas pode ser um passeio completamente revigorante e cheio de descobertas sobre o estado, seja na beira de colinas ou seguindo rios que correm por vales verdejantes. Para amantes de belas paisagens e apreciadores de belas vistas é a forma perfeita de passeio, já é possível ir parando pelo caminho e aproveitando o melhor que a natureza pode oferecer. Você pode ir sozinho, com amigos, família ou fazer um tour guiado, que estão crescendo em popularidade. A Adventure Cycling Association pode ajudar neste último item, fazendo até mesmo passeios mais longos que exigem noites acampando ou dormindo em hoteis.

Os fãs de mountain bike também têm diversão garantida no destino, que oferece os mais desafiadores terrenos do país e em lugares de tirar o fôlego de tão bonitos. Há desde caminhos mais tranquilos em florestas até passeios em formações rochosas bastante íngremes. Na parte mais ao norte você será rodeado por florestas de pinheiros e terreno desértico; nas regiões centrais e oeste, cactos gigantes e o calor do deserto; no sudeste, colinas, campos e um clima ameno. Ou seja, há tanto para ver e conhecer que uma viagem pode não ser o suficiente.

Há alguns parques para bicicletas também, como o Desert Trails Park ou o Fort Tuthill Bike Park, com trilhas para todos os níveis e pistas de habilidade. Para os mais aventureiros, há uma trilha chamada Grand Canyon Connector que passa por boa parte do estado do Arizona, inclusive as duas entradas do parque nacional, de mais de 900 Km. Por passar por várias altitudes diferentes, as temperaturas também são bastante distintas. As melhores épocas para se aventurar por ali é entre abril e maio ou setembro e novembro, quando o norte não está tão frio e a parte sul está com um clima agradável, lembrando que a entrada norte do Grand Canyon fica fechada durante o inverno.

Existem uma série de locais onde é possível alugar uma bicicleta. Em Sedona ou Flagstaff, procure a Absolute Bikes. A River Cyclery & Sport fica em Lake Havasu City e a Cactus Bike próxima à capital Phoenix. Se estiver em Scottsdale, vá até a Arizona Outback Adventures e na entrada do sul do Grand Canyon, Bright Angel Bicycles.

 

Arizona: o melhor do verão

4
Crédito: The Phoenician

 

 

O verão está chegando no Arizona e é hora de pensar as melhores atrações e experiências para adicionar ao seu itinerário. Como as regiões sul e central são a casa do Deserto de Sonora, as temperaturas ficam bastante altas nesta época do ano. É uma boa hora para aproveitar as ótimas ofertas e pacotes de resorts e hotéis sofisticados. Os preços caem bastante nesta região convidando os viajantes a se hospedarem e conhecerem estes lindos locais. O calor é amenizado com as muitas piscinas e atividades relaxantes em spas. Veja alguns locais abaixo localizados na capital do estado, Phoenix, e arredores e aproveite para passar um delicioso e agradável verão no destino:

 

Fairmont Scottsdale Princess

Local perfeito para a família passar a semana durante o verão, com várias atividades aquáticas para se refrescar o tempo todo. Há desde uma tirolesa em cima da água, festas na piscina à noite, com direito a DJ e muitas luzes brilhantes, cinema na piscina, fogos de artifício todo sábado, atividades toda sexta-feira e sábado o dia inteiro que incluem badminton e ping pong e muitas outras experiências mais do que divertidas para passar um verão inesquecível.

 

The Phoenician

Um oásis no deserto, o impressionante resort The Phoenician oferece várias ofertas para famílias no verão, com suas piscinas luxuosas e premiados restaurantes. Que tal passar um fim de semana com toda a família, aproveitar um delicioso jantar italiano no Il Terrazzo e uma refeição no clássico americano Relish Burger Bistro? Deixe tudo ainda melhor com os tratamentos de 50 minutos no spa.

 

Four Seasons Resort Scottsdale At Troon North

Um refúgio em meio ao deserto, o resort te convida para duas noites românticas em uma encantadora acomodação, com direito a uma piscina privativa, chuveiro ao ar livre e até um telescópio para observar estrelas. Aproveite dois aperitivos e deliciosas margaritas no Onyx Bar & Lounge, além de um jantar para dois, com comidas e bebidas típicas dos Estados Unidos.

 

Hyatt Regency Scottsdale Resort And Spa At Gainey Ranch

Duas noites de diversão em um casa a beira do lago, com sala de estar, dois quartos, uma lareira e um deck para você admirar a beleza das montanhas McDowell. Crianças vão amar um dia no acampamento Hyatt e os pais podem aproveitar e relaxar com uma massagem no Spa Avania. Termine o dia com um saboroso jantar e um passeio de gôndola.

 

Na região sul do estado também há várias ofertas para aproveitar, como na cidade de Tucson. O hotel Hilton Tucson El Conquistador, por exemplo, está com um pacote all inclusive até o dia 12 de setembro, que inclui as três refeições diárias para duas pessoas a partir de US$169. Já o Hacienda Del Sol oferece a quarta noite gratuita para quem se hospedar durante três noites no hotel.

 

Confira os melhores preços e pacotes para o Arizona durante o verão e não perca uma viagem única!

Caindo na noite do Arizona

3

 

Para muita gente viajar é sinônimo de não dormir, tempo de aproveitar todas as atrações pela manhã e sair para os melhores lugares no final do dia, tendo uma noite regada a muita diversão, música e entretenimento.

Scottsdale é uma cidade perto da capital Phoenix. Durante a noite, o centro da cidade mostra todo seu charme, com pequenas luzes decorando suas ruas e muito movimento nas ruas, com pessoas por todos os cantos indo jantar ou saindo com os amigos para uma bebida. São mais de 80 wine bars, lounges e baladas, além de concertos, apresentações de dança e comédia e tours.

Para quem gosta de dançar a noite inteira, o décimo quarto andar do resot Talking Stick oferece a Degree 270, uma fantástica balada com vistas para o Deserto de Sonora, atmosfera sofisticada, drinks especiais e entretenimento ao vivo. Você pode ir também no Plaza Bar, no resort Fairmont Scottsdale Princess, cheio de gente estilosa.

Para algo mais tranquilo, visite a cantina mexicana Dos Gringos e tenha uma noite de celebração com muitas comidas e bebidas deliciosas. No Westin Kierland Resort, o Waltz & Weiser Whiskey Bar & Cantina é especializado em tequilas e whiskies, também com menu inspirado na gastronomia mexicana. Já o The Lodge é ótimo para encontrar os amigos, com uma decoração mais rústica ao estilo Velho Oeste.

Um local bem interessante para conhecer é o Rusty Spur Saloon, que já foi o primeiro banco de Scottsdale. Um local histórico que já recebeu muitas celebridades. Para ouvir a tradicional música country americana, dê uma passada no Handlebar J Restaurant & Saloon.

Inclusive, há ótimos locais para ouvir música ao vivo. Músicas do mundo inteiro podem ser ouvidas no Center Stage Bar, em meio a fontes e lareiras brilhantes. O Culinary Dropout é um restaurante e bar para apaixonados por cervejas, vinhos e outros drinks e apresenta as melhores bandas locais nas noite de sexta-feira e sábado.

Não deixe de aproveitar as noites no Arizona, há atrações para todos os gostos, seja para quem prefere relaxar em um ambiente sofisticado até para os que querem passar a noite inteira dançando e se divertindo com amigos.

Arizona natural: um passeio pelos seus parques

Untitled-4

 

Com uma diversidade natural impressionante, o estado do Arizona é casa de diversos parques nacionais, estaduais, monumentos, reservas e regiões perfeitas para aventuras e esportes ao ar livre. Veja abaixo algumas sugestões de áreas abertas para incluir em seu roteiro de viagem:

 

Grand Canyon National Park

Maior cartão postal do estado, o Grand Canyon é visitado por aproximadamente 5 milhões de pessoas todos os anos. Mesmo quem já ouviu falar muito sobre o local, vai se surpreender com sua dimensão. O lugar é imperdível, seja para quem prefere contemplar suas paisagens em um dos muitos pontos de observação, ou presenciar um por-do-sol encantador acompanhado de um delicioso chocolate quente, seja para quem decide se aventurar em um de suas trilhas até o fundo do cânion ou um passeio radical de rafting no rio Colorado. O parque nacional possui duas entradas, a North Rim, mais remota que permanece fechada durante o inverno, e a South Rim, mais turística. Fora do parque nacional também há a West Rim, onde localiza-se a famosa passarela de vidro Skywalk.

Saguaro National Park

Na região sul do Arizona, os viajantes se deparam com um deserto completamente diferente do que estão acostumados. Em vez de uma área completamente coberta pela areia, o Saguaro National Park é a casa de uma floresta dos gigantescos cactos saguaros e serve como proteção e preservação dessa espécie, que cresce somente nesta região. O parque também contém regiões montanhosas, onde crescem pinheiros e florestas de coníferas. Quem deseja conhecê-lo pode se hospedar em Tucson, já que o parque fica ao redor da cidade. Também é possível acampar mediante permissão adquirida no centro de visitantes.

 

Petrified Forest National Park

Visitar o parque nacional da Floresta Petrificada é fazer uma viagem no tempo, voltando mais de 200 milhões de anos. A colorida coleção de madeira petrificada, fósseis e sítios arqueológicos atrai curiosos e pesquisadores. Sua formação é resultado da ação de lava vulcânica que encobriu a área. Com a erosão, milhões de anos mais tarde, a madeira petrificada pôde ser revelada. É possível conhecer o parque fazendo trilhas, passeios a cavalo ou mulas. Já o Deserto Pintado, que se estende desde o Grand Canyon até o parque nacional da Floresta Petrificada, também é marcante para quem está passando pelo estado. É uma vasta paisagem localizada na parte norte do Arizona que apresenta rochas de diversas cores, rosas, vermelhas, cinzas e roxas. A área e suas formações foram uma combinação de diferentes fenômenos naturais.

 

Monument Valley Navajo Tribal Park

Muitas pessoas conhecem o Monument Valley devido a suas paisagens impressionante que tiram o fôlego dos visitantes. Ele é cenário de diversos desenhos infantis e filmes de velho-oeste criados por Hollywood. A paisagem é marcada por torres de arenito enormes destacadas em gigantescos platôs estéreis. De clima árido e característica rústica, o local pertence a uma das maiores tribos americanas, a Nação Navajo, e está localizada na região norte do estado, a cerca de quatro horas de Flagstaff.

 

Walnut Canyon National Monument

Próximo à cidade de Flagstaff, o cânion            de curvas sinuosas e formações rochosas únicas possui cerca de 80 pequenas casas construídas nos penhascos entre 1125 e 1250 pelo povo Sinagua. Algumas teorias de porquê o local foi abandonado incluem um período de seca ou uma guerra entre tribos. As estruturas podem ser visitadas por meio de uma trilha a partir do centro de visitantes.